Notícias

10 Set 2020 | 12h00

Terra Santa encerra colheita de milho de algodão da safra 2019/20

São Paulo, 9 - A Terra Santa Agro, uma das maiores produtoras de grãos e fibras do País, divulgou comunicado na noite desta terça-feira com informações sobre o encerramento da colheita de milho e de algodão da safra 2019/20.

A área plantada de algodão na safra 2019/20 foi de 40,2 mil hectares, 12,1% superior à safra 2018/19. A colheita da fibra teve início em 22 de junho e foi finalizada em 22 de agosto. Na mesma data do ano anterior, a companhia havia colhido 73,3% da produção e os trabalhos foram finalizados em 7 de setembro. A produtividade parcial do algodão de 2ª safra alcançou 294 arrobas por hectare em comparação com a produtividade final de 288 arrobas por hectare na safra 2018/19. "A produtividade final só será contabilizada quando o processo de beneficiamento do algodão for encerrado", diz no comunicado o diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Alexandre Segadilha Adler.

A Terra Santa destaca que vem buscando ano após ano uma melhor qualidade de seu algodão. "Na safra 2019/20, a companhia foi muito ágil na colheita, encerrando a mesma em 22 de agosto, contra 7 de setembro na safra anterior. O término antecipado da colheita faz com que o algodão corra menor risco de exposição às chuvas, que é um fator que influencia fortemente a qualidade do algodão."

Já a área plantada de milho na safra 2019/20 foi de 25,5 mil hectares, 9,7% inferior à safra 2018/19. A colheita do cereal teve início em 20 de maio e foi finalizada em 28 de julho, enquanto na safra 18/19 os trabalhos começaram em 28 de maio e foram encerrados em 29 de julho. A produtividade final do milho de 2ª safra foi de 102,5 sacas de 60 kg por hectare ante rendimento final de 111 sacas/hectare na safra 2018/19.

A Terra Santa diz que, com o aumento da área de desfrute, ou seja, aumento da área de plantio de 2ª safra, a semeadura passa a ocorrer em áreas menos favoráveis e mais suscetíveis a intempéries climáticas. "Na safra 2019/20, o mês de abril apresentou-se mais seco que a média das Unidades de Produção, o que acabou prejudicando a produtividade do milho", explica a companhia.

Fonte: Q10/Estadão Conteúdo

SAC - Serviço de Atendimento Castrolanda
0800 042 1050 | 42 3234.8000